Dicas

Benefícios Para Colaboradores: Porquê Utilizar E Quais Escolher

Bons benefícios geram bons funcionários que, por sua vez, produzem muito mais para a empresa. Todos saem ganhando por meio da concessão de benefícios.

Investir em benefícios para colaboradores é um recurso que empresas apostam para aumentar a retenção e eficiência dos funcionários. Existem alguns benefícios que são previstos na lei e, alguns outros, que são amplamente praticados pelas organizações.

Neste post, a CBS responde as principais dúvidas relacionadas à concessão de benefícios, e aponta os caminhos mais indicados para a satisfação dos funcionários e economia da empresa. Confira:

Por que empresas devem considerar investir em benefícios?

O primeiro passo é entender o porquê empresas devem considerar conceder benefícios para os funcionários. Além do fator motivacional, que influencia diretamente nos resultados individuais de cada colaborador, há também outros fatores, como por exemplo:

Maior engajamento das equipes

Os benefícios têm a capacidade de motivar funcionários, por conta do conforto que geram em algumas áreas. Funcionários motivados melhoram sua performance individual, aumentando a eficiência das equipes como um todo. 

Melhora do clima organizacional

Ao oferecer benefícios para os funcionários, eles tendem a crescer em realização e, como consequência, o clima da empresa melhora. Um clima de trabalho agradável é essencial para a fluidez dos trabalhos. 

Aumento da produtividade

A produtividade é diretamente influenciada pela motivação dos funcionários. Uma pesquisa acadêmica mostrou que fatores extrínsecos ou motivacionais produzem efeito duradouro de satisfação e, normalmente, um aumento da produtividade acima do esperado.

Redução do turnover

Somando os itens citados até aqui, como a melhora do ambiente de trabalho, engajamento e produtividade, é diretamente consequente que o turnover diminua, ou seja, os pedidos de demissão ocorram com uma menor frequência.

Atração de bons profissionais

Por fim, as empresas devem considerar oferecer benefícios, pois isso aumenta a atração de bons profissionais. Além disso, eles também são responsáveis por reter talentos e aumentar a satisfação do público interno.

Quais são os benefícios obrigatórios que a empresa deve oferecer?

A legislação brasileira é regida pelas regras da CLT, que prevê a concessão de, além da remuneração mensal, alguns benefícios obrigatórios, como por exemplo:

  • FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço): consiste em 8% do valor da remuneração do colaborador, que é depositado em uma conta da CAIXA que o trabalhador não tem acesso, e só poderá acessar em caso de demissão ou situações especiais, como aposentadoria, por exemplo;
  • Vale-transporte: a lei prevê, também, que a empresa deve fornecer vale-transporte para funcionários que moram a, pelo menos, três pontos de ônibus do local de trabalho;
  • Férias: todo funcionário contratado pelo regime de CLT tem direito a férias de 30 dias a cada 12 meses. Durante esse período, além do valor normal do salário, é acrescido um valor que corresponda a ⅓ do soldo mensal;
  • Décimo terceiro salário: o décimo terceiro foi criado para servir como um adicional de natal e corresponde ao proporcional de um mês de salário do ano.

Quais são os benefícios que uma empresa pode oferecer?

Além dos benefícios tradicionais, as empresas podem oferecer outros benefícios para que alcancem as vantagens já citadas anteriormente. Alguns desses benefícios opcionais são:

Alimentação

As empresas costumam fornecer benefícios ligados à alimentação, como vale refeição, vale alimentação, cestas básicas ou almoço no local de trabalho. Segundo uma pesquisa da Catho, benefícios ligados à alimentação representam 17% dos mais cobiçados benefícios pelo trabalhador brasileiro.

Em uma comparação realizada pela CBS, as cestas básicas demonstraram maiores vantagens com relação ao vale alimentação:

beneficios para colabores

Assistência médica

Um outro benefício comum diz respeito aos planos de saúde ou consulta na empresa. Existe a opção da empresa arcar com a totalidade dos custos ou, ainda, dividir os custos com o funcionário.

É costume oferecer diversas opções de planos, para que o colaborador escolha aquele que mais se encaixe em sua realidade familiar.

Vale cultura

Este benefício visa gerar um impacto social a partir dos funcionários da empresa, fomentando o consumo de cultura. O vale cultura permite que os funcionários assistam a espetáculos, shows, produções cinematográficas ou compra de livros.

Plano odontológico

Este benefício se aplica, principalmente, para empresas que não contam com plano médico. Neste caso, o plano odontológico pode ser fornecido sendo pago integralmente pela empresa, ou de modo cooperado entre funcionário e empresa.

Auxílio-creche

Em empresas maiores, com mais de 30 funcionários, o auxílio-creche é obrigatório. No entanto, para negócios menores, é opcional. A empresa pode manter, dentro de suas instalações, um local destinado às crianças, ou firmar parceria com instituições, ou ainda ceder o valor do auxílio creche.

Bolsas de estudo

Um benefício muito interessante e que coopera para o crescimento profissional dos funcionários, é a bolsa de estudo. Algumas empresas, inclusive, estabelecem parcerias com grandes universidades, que oferecem planos especiais nestes casos.

Flexibilidade de horário

Um benefício que tem dominado as empresas progressistas é a flexibilidade de horário, onde o funcionário tem total controle sobre as horas que trabalha ou não. A única exigência é entregar as demandas necessárias.

O que são benefícios salariais?

Os benefícios salariais são aqueles benefícios que refletem diretamente no valor recebido pelos funcionários. Uma bonificação por resultados, por exemplo, ou ainda a participação de lucro, são ações bastante praticadas quando o assunto é benefício salarial.

Há, ainda, o bom e velho aumento salarial, que consegue agradar todo mundo.

Benefícios são gastos ou investimento?

A empresa que decidir fornecer algum benefício para o funcionário terá, inevitavelmente, que desembolsar algum valor. No entanto, este valor não pode ser encarado como gasto mas, antes de tudo, como investimento.

Bons benefícios geram bons funcionários que, por sua vez, produzem muito mais para a empresa. Todos saem ganhando por meio da concessão de benefícios.

Cestas básicas: o melhor custo-benefício

Se você busca encontrar o melhor benefício para fornecer aos seus funcionários, com certeza as cestas básicas apresentam o melhor custo-benefício. Pois são elas que:

  • Garantem os itens de alimentação essenciais para a vida do empregado;
  • Permitem otimizar o orçamento, com custo menor aos demais benefícios;
  • Podem ser utilizadas em programas de reconhecimento;
  • Permite a personalização de itens às necessidades dos funcionários.

Compreendendo a importância das cestas básicas como benefício fornecido pelas empresas, a CBS preparou condições especiais para compras corporativas. Clique no botão e fale no Whatsapp com nosso time comercial: